wine-1952051_1920

Turismo, vinho e gastronomia: o outono na região dos vinhedos

O outono é uma época especial para quem aprecia um bom vinho. Com início em 20 de março, a estação marca o fim do calor intenso do verão e o começo do frio do inverno. Além disso, os dias nesta época do ano têm duração menor. Para as videiras, as condições são  ideais uma vez que o calor em demasia pode acelerar o amadurecimento da fruta, integrando a ela um sabor muito adocicado mas com pouco frescor. Por outro lado, o frio intenso prolonga o ciclo das uvas, dificultando o amadurecimento e deixando o vinho proveniente delas muito ácido.

No Brasil, o outono traz consigo um símbolo de renovação para os vinhedos. As videiras ganham uma coloração mais voltada para o marrom e vermelho e se preparam para o amadurecimento correto da uva e sua colheita. Em algumas regiões, dependendo das condições climáticas e espécie da uva, a colheita, ou chamada “vendemmia” em italiano, é realizada no outono.

A época é convidativa para passeios de enoturismo em vinícolas que oferecem diferentes atrações: desde passeios de bicicleta pela paisagem, até degustação de vinho e conhecimento sobre o ciclo da fruta.  A gastronomia ganha, também, uma encorpada com a chegada de um clima mais ameno, mudando o estilo do vinho que é consumido junto com os alimentos.

Conheça  os vinhos que combinam com as opções de lazer gastronômico desta época do ano:

Piquenique no parque: Com o clima mais ameno e o fim da estação de chuvas é possível fazer lanches ao ar livre. Geralmente comidas leves compõem este tipo de entretenimento. Para acompanhar, vinhos tintos leves ou brancos mais encorpados são o ideal.

Jantar com os amigos: Os jantares ganham refeições mais encorpadas nesta época do ano, como pratos a base de carne ou queijo. Para a primeira opção, o ideal é o consumo de vinhos tintos também encorpados, já para a segunda, vinhos brancos leves formam uma boa combinação. Se o prato escolhido for a base de massas, o ideal é um vinho de médio corpo, os argentinos são bastante recomendados.

Jantar romântico: A principal dica de como escolher um vinho de acordo com o prato servido em um jantar é ter em mente que se a comida for mais leve, como um peixe, vinhos leves são a combinação perfeita. Agora, se a comida for mais pesada, como carne vermelha, o ideal são vinhos tintos encorpados.

Turismo e vinho no outono

A América do Sul, principalmente os países mais afastados da linha equatorial, que apresentam climas mais amenos no outono, oferece opções excelentes de passeios nesta época do ano para quem gosta de experimentar um bom vinho.

No Uruguai, a variedade de vinícolas apresenta uma gama diversificada de opções. Para esta época do ano, são indicadas as regiões de Canelones, Maldonado e Montevidéu.  O principal tipo de vinho produzido no país são o tradicional Tannat, Merlot, Cabernet Franc, Viognier, Chardonnay e Sauvignon Blanc.

No Chile, a região do Vale de Casablanca é uma ótima opção para quem gosta do enoturismo. Por estar localizado entre as Cordilheiras dos Andes e o litoral, o Vale possui uma grande variedade climática durante o dia, o que faz com que as uvas tenham uma maturação lenta, aumentando a qualidade dos vinhos produzidos a partir delas. A região se destaca na produção de vinhos brancos com uvas Chardonnay e Sauvignon, além de tintos como o Pinot Noir.

Já na Argentina, a região de Mendonza é a principal zona vitivinícola do país, Nela é produzido o  melhor Malbec do mundo. A região abriga cerca de 60% do cultivo nacional de uvas.

Sem sair de casa

Antes de colocar o pé na estrada e aproveitar o outono para conhecer as belezas e sabores do enoturismo, é possível experimentar o vinho de cada país sem sair da própria cidade. Combinando passeios típicos de outono, gastronomia adequada para época e vinhos certos de diferentes regiões, é possível ter a experiência antes de realizar de fato uma viagem.

Encontre os vinhos nacionais e internacionais ideais para esta época no Vinho BR.