224076-P1BCHL-245

Tudo o que você precisa saber sobre vinhos tintos suaves

Os vinhos são categorizados de acordo com sua classe (vinho de mesa, vinho leve, champagne, vinhos compostos e vinhos licorosos), sua cor (tinto, branco ou rosé) e seu percentual de açúcar (suave, seco e demi-sec). Essas características são resultado do tipo da uva que dá origem à bebida e o processo de fabricação da mesma.

Os vinhos tintos suaves são, geralmente feitos a partir das uvas Cabernet Sauvignon, Merlot e Tannat. As duas primeiras têm um sabor parecido e têm sua origem na região de Bordeaux, na França, porém hoje, já são cultivadas em diferentes partes do mundo. Elas imprimem um sabor balanceado e suave para o vinho. Já a Tannat, é natural do Sul da França, mas virou uva símbolo do Uruguai. Ela tem a coloração forte e para dar origem a vinhos suaves, precisa passar por um processo de preparação em blends com Merlots. Os vinhos tintos suaves podem ser fabricados também, a partir de uvas comuns de espécies americanas, como Concord, Herbermont, Niágara, Isabel, entre outras.

Diferenciação

O vinho tinto suave se difere do seco por conta da quantidade de açúcar presente nele. Os vinhos suaves têm, geralmente, um alto teor de açúcar, acima de 20 gramas por litro. Eles são conhecidos por serem escolhidos por pessoas que ainda não têm muita afinidade com a bebida, pois, como o próprio nome já diz, tem uma característica mais suavizada.

Por conta desta individualidade, eles também são mais difíceis de se combinar na gastronomia. Geralmente os vinhos tintos suaves combinam com petiscos, mas em países como Uruguai e Argentina são comumente servidos junto com carnes de churrasco, muito por serem um “vinho democrático”, fácil de agradar o paladar. Para carnes de aves e mais leves, o vinho tinto suave é uma boa pedida para quem não gosta do vinho branco – ideal para estes casos. Massas com molhos vermelhos simples, com poucos condimentos, também combinam com esta modalidade de vinho. Seguindo o mesmo caso das carnes de aves, para quem quer apreciar um peixe com um vinho tinto, as bebidas suaves e jovens são uma boa pedida – principalmente se os peixes tiverem o sabor mais acentuado, como bacalhau e salmão.

Benefícios

Muito se fala dos benefícios de consumir, moderadamente, porções diárias de vinho tinto. De acordo com a cultura popular, isso ajudaria a prevenir o câncer, reduzir o colesterol ruim e prevenir a formação de coágulos.  Segundo cientistas, pelo menos um destes benefícios é comprovado: o vinho tinto realmente ajuda a diminuir as taxas de colesterol ruim.

Facilidade

O vinho tinto suave é um dos mais populares e, justamente por isso, é um com maior variedade no mercado. Quem está à procura de uma bebida para um jantar mas não sabe do gosto do convidado, o vinho tinto suave é uma opção que tem grandes chances de ser acertada.

Uma das principais marcas no mercado desta modalidade de vinho é a Casa Valduga Naturelle Tinto Suave, considerada uma das melhores opções de vinho nesta categoria.

Conheça mais opções de vinhos suaves.